À medida da sua necessidade,
        do seu espaço e do seu tempo

Área Cliente

Os Afídeos, também conhecidos como pulgões, são das pragas mais comuns na nossa horta mas também nos jardins, pois atacam muitas plantas ornamentais.

O post de hoje, vai precisamente falar um pouco mais sobre estes bichinhos que quando atacam, tanto prejudicam a nossa horta.

 

(formiga atraída pela melada dos pulgões)

 

Os Afídeos, podem ser de várias cores. Frequentemente encontramos afídeos de cor verde, que facilmente se confundem com os caules das plantas, mas podem ser também pretos, acinzentados ou vermelhos. São insectos de muito pequena dimensão (1mm a 6mm), sugadores de seiva e que facilmente infestam todas as plantas em redor.

Normalmente aparecem quando a planta hospedeira está mais fragilizada ou o clima é desfavorável ao crescimento da planta. Segregam frequentemente uma melada, muito procurada pelas formigas. O aparecimento das formigas nas plantas é uma consequência da melada criada pelos afídeos. Estes insectos são também o vector de entrada na planta de virús, como por exemplo o virús da Tristeza dos Citrinos. 

Os Afídeos têm preferência pelos orgãos das plantas em desenvolvimento (folhas, lançamentos e botões florais) devido à abundância de seiva nestes e da qual se alimentam. Agrupam-se formando colónias, normalmente na página inferior da folha. Os períodos do ano mais favoráveis ao seu aparecimento são a Primavera, inicio do Verão e o Outono.

 

 (afídeos em citrinos)

 

Os maiores predadores dos afídeos  (pulgões)  são as Joaninhas, que por dia são capazes de comer mais de 50 pulgões. Ter na horta abrigos e plantas que as joaninhas gostem pode ajudar no controlo dos afídeos.

 

 

(Joaninha a comer os pulgões)

 

O controlo dos afídeos recebe ajuda de algumas plantas que actuam como repelentes vegetais destes: o alho e restantes plantas da família das Liliáceas, coentros, chagas, poejo, hortelã e tanaceto, são alguns dos exemplos.

Vários produtos biológicos podem ser aplicados no controlo dos afídeos, no entanto, a prevenção é sempre a melhor arma na horta. Ter plantas saudáveis e uma diversidade de plantas é sem dúvida a melhor defesa que podemos ter contra o ataque destes pequenos insectos.

Para o controlo dos afideos pode aplicar o Chorume de Urtigas: deixar macerar apenas 12 horas e aplique puro sobre as plantas atacadas. Veja como fazer Chorume de Urtigas neste outro post.