À medida da sua necessidade,
        do seu espaço e do seu tempo

Área Cliente
À medida da sua necessidade,
        do seu espaço e do seu tempo

Área Cliente
1
JUN

Semear Canónigos ou Alface-de-Cordeiro
Amigos da Horta

 A alface-de-cordeiro, também conhecida como Canónigos ou Maché em francês ou ainda como Valerianella locusta é uma planta anual, herbácea, que pode atingir os 30 cm de altura.

Disseminando-se com muita facilidade, cresce em forma de pequena roseta com folhas oblongas, macias e ligeiramente suculentas. Tanto as folhas como as suas flores brancas ou azuis podem ser consumidas cruas em saladas ou cozinhadas por exemplo em sopas, omeletes ou quiches.

 

Saber mais
26
ABR

Quanto tempo demoram as sementes a germinar?
Germinados

O planeamento é a base do nosso dia-a-dia. Gerir o tempo que as nossas tarefas demoram é algo que fazemos sem darmos por isso. Perceber como combinamos as diferentes sementes para germinar e assim termos sempre disponiveis uma variedade de germinados diariamente para consumir, é na realidade um objectivo muito fácil de atingir.

Na Horta à Medida e após termos várias dúvidas de clientes, elaborámos uma pequena tabela que esperamos seja uma ajuda na azáfama diária de quem quer ter uma vida mais saudável.

Saber mais
2
ABR

Como ter uma horta em 2 minutos...
Convidados da Horta

Vários estudos efetuados em países com várias culturas, com pessoas de diferentes faixas etárias comprovam a eficácia terapêutica do contato com a natureza mais especificamente na produção de produtos frescos que podemos consumir regularmente, como a alface, o espinafre, o tomate, os coentros e até batatas para 1 refeição a dois.

Nestas hortas, a possibilidade de relaxamento é evidente, devido á concentração na tarefa, o foco nas cores, o contacto com a terra e o cheiro, estas caraterísticas específicas ligam-nos á natureza de forma altamente eficaz.

Na definição de saúde da OMS (Ordem Mundial de Saúde), saúde é o bem-estar físico, mental e espiritual, para obtermos os 3 estados de bem-estar, a prevenção é o método mais eficiente, a sugestão que deixo ao leitor é experimentar agora em apenas 2 minutos como é ter uma horta, basta para tal ler o texto abaixo de mente aberta e criativa (aconselho a fechar o olhos no fim de cada frase, para que a sua concentração e criatividade seja maior):

 

Saber mais
6
FEV

Pão de Germinados de Lentilhas
Germinados

 (Foto: Yea Yea Pueblo)

 

A sugestão que trazemos hoje aqui foi escrita pela Crystle do blog Yea Yea Pueblo e é a receita de um pão com Germinados de Lentilhas, uma excelente sugestão para variar dos tradicionais pães de sementes.

Saber mais
1
FEV

Vegetais para espaços pequenos
Amigos da Horta

Por vezes pensamos que não temos espaço, ou, que para termos uma pequena horta, a nossa varanda ou pátio não têm tamanho suficiente. Posto isto, também não sabemos com que plantas começar: quais as que devemos escolher, quais as que vão produzir melhor, ou apenas quais gostariamos de ver crescer.

No artigo de hoje vamos falar das várias opções a termos em conta nessa escolha.

Saber mais
30
JAN

Salada da Primavera com germinados de Girassol
A Horta e as Receitas

Os Germinados de Girassol são pequenas folhas delicadas, no inicio da germinação das sementes de girassol. Ricas em sabor, textura e nutrientes. Estão carregadas com clorofila, ferro, vitaminas (A, D, B-complexo, C, E), minerais e uma quantidade surpreendentemente alta de proteína. Na verdade, contêm quase tanta proteína como o frango!

As suas pequenas folhas são excelentes em saladas, polvilhadas em sopas, em camadas em sanduíches, misturadas em sumos de vegetais, ou suavemente salteadas com alho e azeite.

A Salada Primavera com sementes de Girassol é uma refrescante delicia! Leia como é simples de preparar.

 

Saber mais
26
JAN

A Capuchinha ou Chagas, na horta e no prato
Amigos da Horta

As Chagas, também conhecidas como Capuchinhas devido à forma que a flor tem, que reproduz dizia-se, o capuz de um frade.

 

Saber mais
6
OUT

Salada de Rúcula e Melancia
A Horta e as Receitas

(fonte:Lilian Barros, livro “Sopas, Saladas e Chás Detox”)

 

A próxima receita é fabulosa pois ajuda a desintoxicar o nosso organismo e permite utilizar a rúcula, que é um dos vegetais que mais facilmente podemos ter em casa, seja na nossa horta, seja numa floreira com 20 cm.

Imagine que uma semana após ter semeado a sua rúcula esta já germinou e que em 3 semanas já a pode colher e realizar a receita que hoje propomos!

Saber mais
14
SET

A Stevia
Amigos da Horta

A Stevia (Stevia rebaudiana) parece uma simples planta de folhagem verde. No entanto, deveria ser obrigatória no jardim ou na nossa horta, um vez que é valiosissíma para a nossa saúde.

Saber mais
29
AGO

Plantas que fixam Azoto (N)
Dicas da Horta

As plantas da família das Leguminosas (o feijão, a ervilha, a fava, por exemplo) são plantas que fixam o azoto ao solo, pois nas suas raízes formam-se colónias de bactérias fixadoras de azoto, denominadas Rizóbio (Rhizobium sp.) .

Saber mais
26
AGO

A calda de Cavalinha
Dicas da Horta

A Cavalinha (Equisetum arvense) conhecida como pinheirinha por se assemelhar a um pequeno pinheiro mas também como cavalinha-dos-campos, cauda-de-cavalo, equiseto-dos-campos ou rabo-de-cavalo, é a última espécie vegetal descendente das grandes árvores das florestas do período carbonífero (360-300 milhões de anos).

Tem grande utilidade na horta pela sua acção fungicida e de reforço das defesas da planta.

Saber mais
25
AGO

Os Afídeos
Pragas e Doenças da Horta

Os Afídeos, também conhecidos como pulgões, são das pragas mais comuns na nossa horta mas também nos jardins, pois atacam muitas plantas ornamentais.

O post de hoje, vai precisamente falar um pouco mais sobre estes bichinhos que quando atacam, tanto prejudicam a nossa horta.

 

Saber mais
24
AGO

Cascas de banana
Dicas da Horta

Nem sempre devemos deitar logo a correr as cascas de banana no compostor. Na realidade, com a casca de banana podemos adubar a nossa horta ou o nosso jardim.

Saber mais
23
AGO

A Couve-Rábano
Amigos da Horta

A Couve Rábano, ao contrário do nabo a que erradamente possa ser associada, cresce acima da terra. Aqui não são as raízes que são consumidas mas o caule. Dependendo da variedade, o caule pode ser verde claro ou azul-violeta. Debaixo da casca, a couve-rábano é branca.

O sabor é semelhante ao da couve-flor, mas é um pouco mais picante. A Couve-rábano pode ser comida crua e cozida, sendo um vegetal pobre em calorias mas rico em nutrientes.

 È muito fácil de crescer na sua horta. Veja como!

Saber mais
1
AGO

Germinados num batido purificador do sangue
Germinados

O post de hoje junta dois alimentos poderosíssimos! Os Germinados de Bróculos e Germinados de Alfafa, juntos num batido rico e com forte acção depurativa do sangue. Leia o porquê já de seguida!

Saber mais
20
JUL

Os Bróculos - esses cabeçudos!
Amigos da Horta

A Couve Bróculo, também conhecida apenas por Bróculos, (Brássica oleracea var. italica) é uma das variedades de couve mais consumida. Podem ser consumidas as suas folhas embora os gomos florais fechados dos bróculos, sejam a parte cosmestível por excelência.

É uma hortaliça que gosta do Inverno, sendo bastante resistente à geada. Prefere temperaturas entre os 10-20 graus centígrados, para que possa ter cabeças com um bom tamanho e um sabor mais agradável.

Saber mais
7
FEV

Gosta de rabanetes?
Vida na Horta

O rabanete (Raphanus sativus), pertencente à família Brassicaceae na qual se encontram outras plantas tais como a couve, o nabo a mostarda. A raíz é tuberosa, podendo ser redonda ou alongada. Os rabanetes externamente podem ser de várias cores, do vermelho, ao rosa, roxo, branco, verde, preto e amarelo ou creme, embora o seu interior seja sempre branco.

Os cultivares asiáticos são conhecidos como rábanos, têm caracteristicas um pouco diferentes, tais como as exigências de temperatura e número de dias de crescimento. Um rábano muito conhecido é o rábano Diakon.

Excelente para ser consumido em dietas pois ajuda na digestão de amidos e gorduras.

 Como é feita a sementeira?

O rabanete germina e cresce melhor a temperaturas entre os 8°C e 20°C, mas existem variedades  adaptadas a outras condições climatéricas.

Pode crescer sob sol direto ou na sombra parcial desde que a luminosidade seja alta. Se não receberem sol suficiente ficarão grandes em cima e muito pequenos na parte de baixo da raiz. Um pormenor importante tem a ver com a temperatura do solo: quanto mais quente for o solo, mais picante será o rabanete, razão pela qual em Verões muito quentes este poderá ser mais picante.

 O solo para o rabanete deve ser solto e fofo, sem pedras para que as raizes não cresçam deformadas e claro, bem drenado. O rabente gosta de um solo mantido húmido, pois as variações hídricas prejudicam o seu correcto desenvolvimento. Gosta de um solo rico em matéria orgânica mas não é uma planta exigente em azoto.

 As variedades de pequeno porte, tal como o conhecido Cherry Bell podem ser cultivadas com facilidade em vasos e floreiras.

As sementes devem ser semeadas diretamente no local definitivo, podendo ser espaçadas muito facilmente. O rabanete pode ser cultivado entre as linhas de plantas da horta como a alface, a cenoura, o pepino, o feijão-verde, a ervilha ou o espinafre, uma vez que é uma planta de crescimento rápido. O espaçamento varia com a variedade mas o normal é que seja de 10x8 cm.

 O rabanete pode ser colhido 4 a 5 semanas após ter sido semeado. Para não ter raízes rachadas, assegure a ausência de pedras no solo e mantenha uma rega constante, evitando deixar secar o solo.

Boa Sementeira!

 

Saber mais
31
JAN

Hoje é dia de sementeiras!
Vida na Horta

Hoje é dia de sementeiras por aqui. Começámos a preparar as primeiras sementeiras das nossas culturas de Primavera-Verão. Durante o mês de Fevereiro iremos continuar e assim escalonar plantas para serem transplantadas em diferentes períodos nas hortas dos nossos clientes. Sim, porque o nosso clima é cada vez mais instável e começa a ser difícil manter as tradicionais datas para sementeira e cultivo de muitas das nossas hortícolas.


Muitas pessoas têm-nos questionado qual a melhor mistura para sementeira.

Saber mais
30
DEZ

Compostagem com Borras de Café
Compostagem

Muitas pessoas pensam que na compostagem apenas podem colocar restos orgânicos da horta e da cozinha. No entanto, poucos pensam que as borras de café podem ser usadas como material de compostagem. As borras de café são um excelente complemento para a pilha de compostagem, bem como os filtros utilizados se forem de fibras naturais (a maioria é de papel ou de algodão), que também podem ser incluídos no composto. Para quem usa cápsulas, retire as borras da cápsula, coloque a cápsula vazia na reciclagem e deite a borra de café no composto. Uma solução fácil e limpa que pode salvar muitas toneladas de resíduos de aterro anualmente.

Benefícios das Borras de café para o solo

O elevado teor de azoto das borras é um dos maiores benefícios para o composto e solo. Depois de preparado o café, a borra de café pode ter PH ácido para se tornar quase pH neutro (geralmente 6,5-6,8). Isto é porque o ácido é transmitido para o café, dando-lhe a sua característica de sabor amargo.

Compostagem das Borras de café

Existem duas formas principais de usar as borras de café como composto. Em ambos os casos, a esta deve ser sempre primeiro compostada, uma vez que a relação N/C é de cerca de 20: 1 nas borras frescas, não compostadas.

A primeira forma é simplesmente adicioná-lo como correção do solo diretamente, espalhando as borras no chão e cobrindo-as com uma cobertura leve. Pode ser feito no Outono e Inverno após a colheita, a fim de permitir que o café composte e se degrade, para o solo. Pode também ser feito no início da Primavera, duas ou três semanas antes da sementeira.

Na pilha de compostagem ou no compostor, as borras podem ser adicionadas até perfazer 25% do volume total da pilha. As borras no compostor, por causa do teor de azoto que é facilmente libertado, originam reações bacterianas que vão gerar calor e gases benéficos, sendo natural verificar que a pinha de composto aquece e liberta calor.

Vermicompostagem com borras de café

As minhocas adoram café, provavelmente por razões semelhantes às nossas. O café é relacionado com o grão de cacau e contém muitos dos mesmos nutrientes, a maioria dos quais não são lixiviados na bebida que se bebe, o que significa que se mantêm na borra. Na vermicompostagem, não se esqueça de adicionar bastantes materiais, não ultrapassando os 25% de borras para o restante material. As borras podem acidificar o vermicomposto, não criando assim o ambiente que as minhocas necessitam para viver.
Saber mais
8
NOV

Já conhece o consumo de sementes germinadas?
Germinados

Uma semente concentra em si uma energia que lhe permite ,em condições muitas das vezes adversas, iniciar um novo ciclo. Ao germinar vai multiplicar muitos nutrientes que tem.

O processo de germinação torna os nutrientes mais digeríveis, o que origina que os rebentos causem menos gases do que os grãos que lhe deram origem. São igualmente pobres em calorias, mas contêm quantidades muito razoáveis de vitaminas A e C, vitaminas do complexo B, vitamina E, algum ferro e enzimas e proteínas.
Saber mais
1
JUN

Semear Canónigos ou Alface-de-Cordeiro
Amigos da Horta

 A alface-de-cordeiro, também conhecida como Canónigos ou Maché em francês ou ainda como Valerianella locusta é uma planta anual, herbácea, que pode atingir os 30 cm de altura.

Disseminando-se com muita facilidade, cresce em forma de pequena roseta com folhas oblongas, macias e ligeiramente suculentas. Tanto as folhas como as suas flores brancas ou azuis podem ser consumidas cruas em saladas ou cozinhadas por exemplo em sopas, omeletes ou quiches.

 

Saber mais
26
ABR

Quanto tempo demoram as sementes a germinar?
Germinados

O planeamento é a base do nosso dia-a-dia. Gerir o tempo que as nossas tarefas demoram é algo que fazemos sem darmos por isso. Perceber como combinamos as diferentes sementes para germinar e assim termos sempre disponiveis uma variedade de germinados diariamente para consumir, é na realidade um objectivo muito fácil de atingir.

Na Horta à Medida e após termos várias dúvidas de clientes, elaborámos uma pequena tabela que esperamos seja uma ajuda na azáfama diária de quem quer ter uma vida mais saudável.

Saber mais
2
ABR

Como ter uma horta em 2 minutos...
Convidados da Horta

Vários estudos efetuados em países com várias culturas, com pessoas de diferentes faixas etárias comprovam a eficácia terapêutica do contato com a natureza mais especificamente na produção de produtos frescos que podemos consumir regularmente, como a alface, o espinafre, o tomate, os coentros e até batatas para 1 refeição a dois.

Nestas hortas, a possibilidade de relaxamento é evidente, devido á concentração na tarefa, o foco nas cores, o contacto com a terra e o cheiro, estas caraterísticas específicas ligam-nos á natureza de forma altamente eficaz.

Na definição de saúde da OMS (Ordem Mundial de Saúde), saúde é o bem-estar físico, mental e espiritual, para obtermos os 3 estados de bem-estar, a prevenção é o método mais eficiente, a sugestão que deixo ao leitor é experimentar agora em apenas 2 minutos como é ter uma horta, basta para tal ler o texto abaixo de mente aberta e criativa (aconselho a fechar o olhos no fim de cada frase, para que a sua concentração e criatividade seja maior):

 

Saber mais
6
FEV

Pão de Germinados de Lentilhas
Germinados

 (Foto: Yea Yea Pueblo)

 

A sugestão que trazemos hoje aqui foi escrita pela Crystle do blog Yea Yea Pueblo e é a receita de um pão com Germinados de Lentilhas, uma excelente sugestão para variar dos tradicionais pães de sementes.

Saber mais
1
FEV

Vegetais para espaços pequenos
Amigos da Horta

Por vezes pensamos que não temos espaço, ou, que para termos uma pequena horta, a nossa varanda ou pátio não têm tamanho suficiente. Posto isto, também não sabemos com que plantas começar: quais as que devemos escolher, quais as que vão produzir melhor, ou apenas quais gostariamos de ver crescer.

No artigo de hoje vamos falar das várias opções a termos em conta nessa escolha.

Saber mais
30
JAN

Salada da Primavera com germinados de Girassol
A Horta e as Receitas

Os Germinados de Girassol são pequenas folhas delicadas, no inicio da germinação das sementes de girassol. Ricas em sabor, textura e nutrientes. Estão carregadas com clorofila, ferro, vitaminas (A, D, B-complexo, C, E), minerais e uma quantidade surpreendentemente alta de proteína. Na verdade, contêm quase tanta proteína como o frango!

As suas pequenas folhas são excelentes em saladas, polvilhadas em sopas, em camadas em sanduíches, misturadas em sumos de vegetais, ou suavemente salteadas com alho e azeite.

A Salada Primavera com sementes de Girassol é uma refrescante delicia! Leia como é simples de preparar.

 

Saber mais
26
JAN

A Capuchinha ou Chagas, na horta e no prato
Amigos da Horta

As Chagas, também conhecidas como Capuchinhas devido à forma que a flor tem, que reproduz dizia-se, o capuz de um frade.

 

Saber mais
6
OUT

Salada de Rúcula e Melancia
A Horta e as Receitas

(fonte:Lilian Barros, livro “Sopas, Saladas e Chás Detox”)

 

A próxima receita é fabulosa pois ajuda a desintoxicar o nosso organismo e permite utilizar a rúcula, que é um dos vegetais que mais facilmente podemos ter em casa, seja na nossa horta, seja numa floreira com 20 cm.

Imagine que uma semana após ter semeado a sua rúcula esta já germinou e que em 3 semanas já a pode colher e realizar a receita que hoje propomos!

Saber mais
14
SET

A Stevia
Amigos da Horta

A Stevia (Stevia rebaudiana) parece uma simples planta de folhagem verde. No entanto, deveria ser obrigatória no jardim ou na nossa horta, um vez que é valiosissíma para a nossa saúde.

Saber mais
29
AGO

Plantas que fixam Azoto (N)
Dicas da Horta

As plantas da família das Leguminosas (o feijão, a ervilha, a fava, por exemplo) são plantas que fixam o azoto ao solo, pois nas suas raízes formam-se colónias de bactérias fixadoras de azoto, denominadas Rizóbio (Rhizobium sp.) .

Saber mais
26
AGO

A calda de Cavalinha
Dicas da Horta

A Cavalinha (Equisetum arvense) conhecida como pinheirinha por se assemelhar a um pequeno pinheiro mas também como cavalinha-dos-campos, cauda-de-cavalo, equiseto-dos-campos ou rabo-de-cavalo, é a última espécie vegetal descendente das grandes árvores das florestas do período carbonífero (360-300 milhões de anos).

Tem grande utilidade na horta pela sua acção fungicida e de reforço das defesas da planta.

Saber mais
25
AGO

Os Afídeos
Pragas e Doenças da Horta

Os Afídeos, também conhecidos como pulgões, são das pragas mais comuns na nossa horta mas também nos jardins, pois atacam muitas plantas ornamentais.

O post de hoje, vai precisamente falar um pouco mais sobre estes bichinhos que quando atacam, tanto prejudicam a nossa horta.

 

Saber mais
24
AGO

Cascas de banana
Dicas da Horta

Nem sempre devemos deitar logo a correr as cascas de banana no compostor. Na realidade, com a casca de banana podemos adubar a nossa horta ou o nosso jardim.

Saber mais
23
AGO

A Couve-Rábano
Amigos da Horta

A Couve Rábano, ao contrário do nabo a que erradamente possa ser associada, cresce acima da terra. Aqui não são as raízes que são consumidas mas o caule. Dependendo da variedade, o caule pode ser verde claro ou azul-violeta. Debaixo da casca, a couve-rábano é branca.

O sabor é semelhante ao da couve-flor, mas é um pouco mais picante. A Couve-rábano pode ser comida crua e cozida, sendo um vegetal pobre em calorias mas rico em nutrientes.

 È muito fácil de crescer na sua horta. Veja como!

Saber mais
1
AGO

Germinados num batido purificador do sangue
Germinados

O post de hoje junta dois alimentos poderosíssimos! Os Germinados de Bróculos e Germinados de Alfafa, juntos num batido rico e com forte acção depurativa do sangue. Leia o porquê já de seguida!

Saber mais
20
JUL

Os Bróculos - esses cabeçudos!
Amigos da Horta

A Couve Bróculo, também conhecida apenas por Bróculos, (Brássica oleracea var. italica) é uma das variedades de couve mais consumida. Podem ser consumidas as suas folhas embora os gomos florais fechados dos bróculos, sejam a parte cosmestível por excelência.

É uma hortaliça que gosta do Inverno, sendo bastante resistente à geada. Prefere temperaturas entre os 10-20 graus centígrados, para que possa ter cabeças com um bom tamanho e um sabor mais agradável.

Saber mais
7
FEV

Gosta de rabanetes?
Vida na Horta

O rabanete (Raphanus sativus), pertencente à família Brassicaceae na qual se encontram outras plantas tais como a couve, o nabo a mostarda. A raíz é tuberosa, podendo ser redonda ou alongada. Os rabanetes externamente podem ser de várias cores, do vermelho, ao rosa, roxo, branco, verde, preto e amarelo ou creme, embora o seu interior seja sempre branco.

Os cultivares asiáticos são conhecidos como rábanos, têm caracteristicas um pouco diferentes, tais como as exigências de temperatura e número de dias de crescimento. Um rábano muito conhecido é o rábano Diakon.

Excelente para ser consumido em dietas pois ajuda na digestão de amidos e gorduras.

 Como é feita a sementeira?

O rabanete germina e cresce melhor a temperaturas entre os 8°C e 20°C, mas existem variedades  adaptadas a outras condições climatéricas.

Pode crescer sob sol direto ou na sombra parcial desde que a luminosidade seja alta. Se não receberem sol suficiente ficarão grandes em cima e muito pequenos na parte de baixo da raiz. Um pormenor importante tem a ver com a temperatura do solo: quanto mais quente for o solo, mais picante será o rabanete, razão pela qual em Verões muito quentes este poderá ser mais picante.

 O solo para o rabanete deve ser solto e fofo, sem pedras para que as raizes não cresçam deformadas e claro, bem drenado. O rabente gosta de um solo mantido húmido, pois as variações hídricas prejudicam o seu correcto desenvolvimento. Gosta de um solo rico em matéria orgânica mas não é uma planta exigente em azoto.

 As variedades de pequeno porte, tal como o conhecido Cherry Bell podem ser cultivadas com facilidade em vasos e floreiras.

As sementes devem ser semeadas diretamente no local definitivo, podendo ser espaçadas muito facilmente. O rabanete pode ser cultivado entre as linhas de plantas da horta como a alface, a cenoura, o pepino, o feijão-verde, a ervilha ou o espinafre, uma vez que é uma planta de crescimento rápido. O espaçamento varia com a variedade mas o normal é que seja de 10x8 cm.

 O rabanete pode ser colhido 4 a 5 semanas após ter sido semeado. Para não ter raízes rachadas, assegure a ausência de pedras no solo e mantenha uma rega constante, evitando deixar secar o solo.

Boa Sementeira!

 

Saber mais
31
JAN

Hoje é dia de sementeiras!
Vida na Horta

Hoje é dia de sementeiras por aqui. Começámos a preparar as primeiras sementeiras das nossas culturas de Primavera-Verão. Durante o mês de Fevereiro iremos continuar e assim escalonar plantas para serem transplantadas em diferentes períodos nas hortas dos nossos clientes. Sim, porque o nosso clima é cada vez mais instável e começa a ser difícil manter as tradicionais datas para sementeira e cultivo de muitas das nossas hortícolas.


Muitas pessoas têm-nos questionado qual a melhor mistura para sementeira.

Saber mais
30
DEZ

Compostagem com Borras de Café
Compostagem

Muitas pessoas pensam que na compostagem apenas podem colocar restos orgânicos da horta e da cozinha. No entanto, poucos pensam que as borras de café podem ser usadas como material de compostagem. As borras de café são um excelente complemento para a pilha de compostagem, bem como os filtros utilizados se forem de fibras naturais (a maioria é de papel ou de algodão), que também podem ser incluídos no composto. Para quem usa cápsulas, retire as borras da cápsula, coloque a cápsula vazia na reciclagem e deite a borra de café no composto. Uma solução fácil e limpa que pode salvar muitas toneladas de resíduos de aterro anualmente.

Benefícios das Borras de café para o solo

O elevado teor de azoto das borras é um dos maiores benefícios para o composto e solo. Depois de preparado o café, a borra de café pode ter PH ácido para se tornar quase pH neutro (geralmente 6,5-6,8). Isto é porque o ácido é transmitido para o café, dando-lhe a sua característica de sabor amargo.

Compostagem das Borras de café

Existem duas formas principais de usar as borras de café como composto. Em ambos os casos, a esta deve ser sempre primeiro compostada, uma vez que a relação N/C é de cerca de 20: 1 nas borras frescas, não compostadas.

A primeira forma é simplesmente adicioná-lo como correção do solo diretamente, espalhando as borras no chão e cobrindo-as com uma cobertura leve. Pode ser feito no Outono e Inverno após a colheita, a fim de permitir que o café composte e se degrade, para o solo. Pode também ser feito no início da Primavera, duas ou três semanas antes da sementeira.

Na pilha de compostagem ou no compostor, as borras podem ser adicionadas até perfazer 25% do volume total da pilha. As borras no compostor, por causa do teor de azoto que é facilmente libertado, originam reações bacterianas que vão gerar calor e gases benéficos, sendo natural verificar que a pinha de composto aquece e liberta calor.

Vermicompostagem com borras de café

As minhocas adoram café, provavelmente por razões semelhantes às nossas. O café é relacionado com o grão de cacau e contém muitos dos mesmos nutrientes, a maioria dos quais não são lixiviados na bebida que se bebe, o que significa que se mantêm na borra. Na vermicompostagem, não se esqueça de adicionar bastantes materiais, não ultrapassando os 25% de borras para o restante material. As borras podem acidificar o vermicomposto, não criando assim o ambiente que as minhocas necessitam para viver.
Saber mais
8
NOV

Já conhece o consumo de sementes germinadas?
Germinados

Uma semente concentra em si uma energia que lhe permite ,em condições muitas das vezes adversas, iniciar um novo ciclo. Ao germinar vai multiplicar muitos nutrientes que tem.

O processo de germinação torna os nutrientes mais digeríveis, o que origina que os rebentos causem menos gases do que os grãos que lhe deram origem. São igualmente pobres em calorias, mas contêm quantidades muito razoáveis de vitaminas A e C, vitaminas do complexo B, vitamina E, algum ferro e enzimas e proteínas.
Saber mais
1
JUN

Semear Canónigos ou Alface-de-Cordeiro
Amigos da Horta

 A alface-de-cordeiro, também conhecida como Canónigos ou Maché em francês ou ainda como Valerianella locusta é uma planta anual, herbácea, que pode atingir os 30 cm de altura.

Disseminando-se com muita facilidade, cresce em forma de pequena roseta com folhas oblongas, macias e ligeiramente suculentas. Tanto as folhas como as suas flores brancas ou azuis podem ser consumidas cruas em saladas ou cozinhadas por exemplo em sopas, omeletes ou quiches.

 

Saber mais
26
ABR

Quanto tempo demoram as sementes a germinar?
Germinados

O planeamento é a base do nosso dia-a-dia. Gerir o tempo que as nossas tarefas demoram é algo que fazemos sem darmos por isso. Perceber como combinamos as diferentes sementes para germinar e assim termos sempre disponiveis uma variedade de germinados diariamente para consumir, é na realidade um objectivo muito fácil de atingir.

Na Horta à Medida e após termos várias dúvidas de clientes, elaborámos uma pequena tabela que esperamos seja uma ajuda na azáfama diária de quem quer ter uma vida mais saudável.

Saber mais
2
ABR

Como ter uma horta em 2 minutos...
Convidados da Horta

Vários estudos efetuados em países com várias culturas, com pessoas de diferentes faixas etárias comprovam a eficácia terapêutica do contato com a natureza mais especificamente na produção de produtos frescos que podemos consumir regularmente, como a alface, o espinafre, o tomate, os coentros e até batatas para 1 refeição a dois.

Nestas hortas, a possibilidade de relaxamento é evidente, devido á concentração na tarefa, o foco nas cores, o contacto com a terra e o cheiro, estas caraterísticas específicas ligam-nos á natureza de forma altamente eficaz.

Na definição de saúde da OMS (Ordem Mundial de Saúde), saúde é o bem-estar físico, mental e espiritual, para obtermos os 3 estados de bem-estar, a prevenção é o método mais eficiente, a sugestão que deixo ao leitor é experimentar agora em apenas 2 minutos como é ter uma horta, basta para tal ler o texto abaixo de mente aberta e criativa (aconselho a fechar o olhos no fim de cada frase, para que a sua concentração e criatividade seja maior):

 

Saber mais
6
FEV

Pão de Germinados de Lentilhas
Germinados

 (Foto: Yea Yea Pueblo)

 

A sugestão que trazemos hoje aqui foi escrita pela Crystle do blog Yea Yea Pueblo e é a receita de um pão com Germinados de Lentilhas, uma excelente sugestão para variar dos tradicionais pães de sementes.

Saber mais
1
FEV

Vegetais para espaços pequenos
Amigos da Horta

Por vezes pensamos que não temos espaço, ou, que para termos uma pequena horta, a nossa varanda ou pátio não têm tamanho suficiente. Posto isto, também não sabemos com que plantas começar: quais as que devemos escolher, quais as que vão produzir melhor, ou apenas quais gostariamos de ver crescer.

No artigo de hoje vamos falar das várias opções a termos em conta nessa escolha.

Saber mais
30
JAN

Salada da Primavera com germinados de Girassol
A Horta e as Receitas

Os Germinados de Girassol são pequenas folhas delicadas, no inicio da germinação das sementes de girassol. Ricas em sabor, textura e nutrientes. Estão carregadas com clorofila, ferro, vitaminas (A, D, B-complexo, C, E), minerais e uma quantidade surpreendentemente alta de proteína. Na verdade, contêm quase tanta proteína como o frango!

As suas pequenas folhas são excelentes em saladas, polvilhadas em sopas, em camadas em sanduíches, misturadas em sumos de vegetais, ou suavemente salteadas com alho e azeite.

A Salada Primavera com sementes de Girassol é uma refrescante delicia! Leia como é simples de preparar.

 

Saber mais
26
JAN

A Capuchinha ou Chagas, na horta e no prato
Amigos da Horta

As Chagas, também conhecidas como Capuchinhas devido à forma que a flor tem, que reproduz dizia-se, o capuz de um frade.

 

Saber mais
6
OUT

Salada de Rúcula e Melancia
A Horta e as Receitas

(fonte:Lilian Barros, livro “Sopas, Saladas e Chás Detox”)

 

A próxima receita é fabulosa pois ajuda a desintoxicar o nosso organismo e permite utilizar a rúcula, que é um dos vegetais que mais facilmente podemos ter em casa, seja na nossa horta, seja numa floreira com 20 cm.

Imagine que uma semana após ter semeado a sua rúcula esta já germinou e que em 3 semanas já a pode colher e realizar a receita que hoje propomos!

Saber mais
14
SET

A Stevia
Amigos da Horta

A Stevia (Stevia rebaudiana) parece uma simples planta de folhagem verde. No entanto, deveria ser obrigatória no jardim ou na nossa horta, um vez que é valiosissíma para a nossa saúde.

Saber mais
29
AGO

Plantas que fixam Azoto (N)
Dicas da Horta

As plantas da família das Leguminosas (o feijão, a ervilha, a fava, por exemplo) são plantas que fixam o azoto ao solo, pois nas suas raízes formam-se colónias de bactérias fixadoras de azoto, denominadas Rizóbio (Rhizobium sp.) .

Saber mais
26
AGO

A calda de Cavalinha
Dicas da Horta

A Cavalinha (Equisetum arvense) conhecida como pinheirinha por se assemelhar a um pequeno pinheiro mas também como cavalinha-dos-campos, cauda-de-cavalo, equiseto-dos-campos ou rabo-de-cavalo, é a última espécie vegetal descendente das grandes árvores das florestas do período carbonífero (360-300 milhões de anos).

Tem grande utilidade na horta pela sua acção fungicida e de reforço das defesas da planta.

Saber mais
25
AGO

Os Afídeos
Pragas e Doenças da Horta

Os Afídeos, também conhecidos como pulgões, são das pragas mais comuns na nossa horta mas também nos jardins, pois atacam muitas plantas ornamentais.

O post de hoje, vai precisamente falar um pouco mais sobre estes bichinhos que quando atacam, tanto prejudicam a nossa horta.

 

Saber mais
24
AGO

Cascas de banana
Dicas da Horta

Nem sempre devemos deitar logo a correr as cascas de banana no compostor. Na realidade, com a casca de banana podemos adubar a nossa horta ou o nosso jardim.

Saber mais
23
AGO

A Couve-Rábano
Amigos da Horta

A Couve Rábano, ao contrário do nabo a que erradamente possa ser associada, cresce acima da terra. Aqui não são as raízes que são consumidas mas o caule. Dependendo da variedade, o caule pode ser verde claro ou azul-violeta. Debaixo da casca, a couve-rábano é branca.

O sabor é semelhante ao da couve-flor, mas é um pouco mais picante. A Couve-rábano pode ser comida crua e cozida, sendo um vegetal pobre em calorias mas rico em nutrientes.

 È muito fácil de crescer na sua horta. Veja como!

Saber mais
1
AGO

Germinados num batido purificador do sangue
Germinados

O post de hoje junta dois alimentos poderosíssimos! Os Germinados de Bróculos e Germinados de Alfafa, juntos num batido rico e com forte acção depurativa do sangue. Leia o porquê já de seguida!

Saber mais
20
JUL

Os Bróculos - esses cabeçudos!
Amigos da Horta

A Couve Bróculo, também conhecida apenas por Bróculos, (Brássica oleracea var. italica) é uma das variedades de couve mais consumida. Podem ser consumidas as suas folhas embora os gomos florais fechados dos bróculos, sejam a parte cosmestível por excelência.

É uma hortaliça que gosta do Inverno, sendo bastante resistente à geada. Prefere temperaturas entre os 10-20 graus centígrados, para que possa ter cabeças com um bom tamanho e um sabor mais agradável.

Saber mais
7
FEV

Gosta de rabanetes?
Vida na Horta

O rabanete (Raphanus sativus), pertencente à família Brassicaceae na qual se encontram outras plantas tais como a couve, o nabo a mostarda. A raíz é tuberosa, podendo ser redonda ou alongada. Os rabanetes externamente podem ser de várias cores, do vermelho, ao rosa, roxo, branco, verde, preto e amarelo ou creme, embora o seu interior seja sempre branco.

Os cultivares asiáticos são conhecidos como rábanos, têm caracteristicas um pouco diferentes, tais como as exigências de temperatura e número de dias de crescimento. Um rábano muito conhecido é o rábano Diakon.

Excelente para ser consumido em dietas pois ajuda na digestão de amidos e gorduras.

 Como é feita a sementeira?

O rabanete germina e cresce melhor a temperaturas entre os 8°C e 20°C, mas existem variedades  adaptadas a outras condições climatéricas.

Pode crescer sob sol direto ou na sombra parcial desde que a luminosidade seja alta. Se não receberem sol suficiente ficarão grandes em cima e muito pequenos na parte de baixo da raiz. Um pormenor importante tem a ver com a temperatura do solo: quanto mais quente for o solo, mais picante será o rabanete, razão pela qual em Verões muito quentes este poderá ser mais picante.

 O solo para o rabanete deve ser solto e fofo, sem pedras para que as raizes não cresçam deformadas e claro, bem drenado. O rabente gosta de um solo mantido húmido, pois as variações hídricas prejudicam o seu correcto desenvolvimento. Gosta de um solo rico em matéria orgânica mas não é uma planta exigente em azoto.

 As variedades de pequeno porte, tal como o conhecido Cherry Bell podem ser cultivadas com facilidade em vasos e floreiras.

As sementes devem ser semeadas diretamente no local definitivo, podendo ser espaçadas muito facilmente. O rabanete pode ser cultivado entre as linhas de plantas da horta como a alface, a cenoura, o pepino, o feijão-verde, a ervilha ou o espinafre, uma vez que é uma planta de crescimento rápido. O espaçamento varia com a variedade mas o normal é que seja de 10x8 cm.

 O rabanete pode ser colhido 4 a 5 semanas após ter sido semeado. Para não ter raízes rachadas, assegure a ausência de pedras no solo e mantenha uma rega constante, evitando deixar secar o solo.

Boa Sementeira!

 

Saber mais
31
JAN

Hoje é dia de sementeiras!
Vida na Horta

Hoje é dia de sementeiras por aqui. Começámos a preparar as primeiras sementeiras das nossas culturas de Primavera-Verão. Durante o mês de Fevereiro iremos continuar e assim escalonar plantas para serem transplantadas em diferentes períodos nas hortas dos nossos clientes. Sim, porque o nosso clima é cada vez mais instável e começa a ser difícil manter as tradicionais datas para sementeira e cultivo de muitas das nossas hortícolas.


Muitas pessoas têm-nos questionado qual a melhor mistura para sementeira.

Saber mais
30
DEZ

Compostagem com Borras de Café
Compostagem

Muitas pessoas pensam que na compostagem apenas podem colocar restos orgânicos da horta e da cozinha. No entanto, poucos pensam que as borras de café podem ser usadas como material de compostagem. As borras de café são um excelente complemento para a pilha de compostagem, bem como os filtros utilizados se forem de fibras naturais (a maioria é de papel ou de algodão), que também podem ser incluídos no composto. Para quem usa cápsulas, retire as borras da cápsula, coloque a cápsula vazia na reciclagem e deite a borra de café no composto. Uma solução fácil e limpa que pode salvar muitas toneladas de resíduos de aterro anualmente.

Benefícios das Borras de café para o solo

O elevado teor de azoto das borras é um dos maiores benefícios para o composto e solo. Depois de preparado o café, a borra de café pode ter PH ácido para se tornar quase pH neutro (geralmente 6,5-6,8). Isto é porque o ácido é transmitido para o café, dando-lhe a sua característica de sabor amargo.

Compostagem das Borras de café

Existem duas formas principais de usar as borras de café como composto. Em ambos os casos, a esta deve ser sempre primeiro compostada, uma vez que a relação N/C é de cerca de 20: 1 nas borras frescas, não compostadas.

A primeira forma é simplesmente adicioná-lo como correção do solo diretamente, espalhando as borras no chão e cobrindo-as com uma cobertura leve. Pode ser feito no Outono e Inverno após a colheita, a fim de permitir que o café composte e se degrade, para o solo. Pode também ser feito no início da Primavera, duas ou três semanas antes da sementeira.

Na pilha de compostagem ou no compostor, as borras podem ser adicionadas até perfazer 25% do volume total da pilha. As borras no compostor, por causa do teor de azoto que é facilmente libertado, originam reações bacterianas que vão gerar calor e gases benéficos, sendo natural verificar que a pinha de composto aquece e liberta calor.

Vermicompostagem com borras de café

As minhocas adoram café, provavelmente por razões semelhantes às nossas. O café é relacionado com o grão de cacau e contém muitos dos mesmos nutrientes, a maioria dos quais não são lixiviados na bebida que se bebe, o que significa que se mantêm na borra. Na vermicompostagem, não se esqueça de adicionar bastantes materiais, não ultrapassando os 25% de borras para o restante material. As borras podem acidificar o vermicomposto, não criando assim o ambiente que as minhocas necessitam para viver.
Saber mais
8
NOV

Já conhece o consumo de sementes germinadas?
Germinados

Uma semente concentra em si uma energia que lhe permite ,em condições muitas das vezes adversas, iniciar um novo ciclo. Ao germinar vai multiplicar muitos nutrientes que tem.

O processo de germinação torna os nutrientes mais digeríveis, o que origina que os rebentos causem menos gases do que os grãos que lhe deram origem. São igualmente pobres em calorias, mas contêm quantidades muito razoáveis de vitaminas A e C, vitaminas do complexo B, vitamina E, algum ferro e enzimas e proteínas.
Saber mais